Governo de Sergipe apresenta diagnóstico, plano das ações e novos atores da Rota da Farinha




 A Secretaria de Estado do Turismo está avançando na construção da Rota da Farinha e apresentou, em reunião realizada nesta quarta-feira (14), trabalho técnico, diagnóstico e plano das ações e novos parceiros que irão ajudar a desenvolver o mais novo produto turístico do estado, na região agreste. 


A reunião aconteceu no auditório da superintendência do Banco do Nordeste em Sergipe, envolvendo a instituição bancária, prefeitos e representantes dos municípios de São Domingos, Macambira e Campo do Brito, além da Fecomércio, Sebrae, empresários e representantes do terceiro setor.




O secretário de Estado do Turismo, Sales Neto apresentou o trabalho de prospecção dos atrativos turísticos dos municípios que compõem a Rota da Farinha, realizado pelas equipes da SETUR e das Prefeituras de Campo do Brito, Macambira e São Domingos, por meio de um documento denominado "Diagnóstico e Planejamento das Ações da Rota da Farinha". 


Na oportunidade ele destacou os investimentos em infraestrutura rodoviária de acesso aos municípios que compõem o roteiro turístico, realizados pelo Governo do Estado, como a finalização das licitações das rodovias que ligam Itabaiana a Lagarto, passando por Campo do Brito; e da rodovia que liga Macambira a Campo do Brito, reforçando que, em breve, serão dadas as ordens de serviço pelo governador Belivaldo Chagas.



“Todo esse trabalho técnico que está sendo utilizado na formatação da Rota da Farinha e o trabalho de articulação que o Governo de Sergipe está realizando, envolvendo atores necessários para a composição e desenvolvimento desse produto turístico, conta com o apoio irrestrito dos três prefeitos, Carivaldo Souza, Binho e Marcel Moade, e, agora, agregando novos atores, a exemplo do Banco do Nordeste, da Fecomércio e do Sebrae. Isso significa que a família Rota da Farinha está crescendo, com todo apoio do Governo de Sergipe e do governador Belivaldo Chagas”, ressaltou o secretário.



O superintendente do Banco do Nordeste em Sergipe, César de Santana, informou que a instituição bancária dispõe de recursos para os empreendedores da Rota da Farinha. “O BNB tem orçamento e condições diferenciadas, com operações que o prazo pode chegar até quinze anos de carência, para que o empreendimento seja implantado e que gere caixa”, afirmou. 



O gerente executivo do Banco do Nordeste, Lenin Falcão, destacou a potencialidade nesta cadeia produtiva do turismo. “A gente quer se inserir, contribuindo para mobilizar as pessoas, as instituições parceiras nesse trabalho de desenvolvimento, e lógico, como um banco, nós também apresentarmos nossas linhas de financiamento, podendo contribuir com os empresários e produtores rurais que desejam investir e trabalhar com o turismo rural, vamos ampliar esse trabalho de desenvolvimento da cadeia turística de Sergipe”, disse.



O Prefeito de São Domingos, Binho, falou da efetividade da Rota da Farinha. “Eu vejo que esse projeto está realmente saindo do papel. Fico muito feliz, parabenizo o secretário de turismo, Sales, por estar engajado, e preocupado para que esse desenvolvimento seja concretizado em nossa região”. O prefeito de Macambira, Carivaldo Souza, mostrou-se otimista. “Será importante esse suporte financeiro aos empresários que desejam investir. Vai levar progresso com o turismo em nossa região”, finalizou Carivaldo.



Parcerias



O Banco do Nordeste, além das linhas de financiamento subsidiadas, se colocou à disposição também para contribuir com a formação de um comitê gestor, que ficará responsável pelas mobilizações intersetoriais. A Fecomércio fará a mobilização do setor empresarial e o Sebrae a qualificação e formalização de micro e pequenos empresários.



O empresário José Menezes, informou que está finalizando o Master Plan do primeiro produto planejado da Rota da Farinha, nas imediações da Cachoeira de Macambira, que fica dentro da sua propriedade rural.



Participação



Participaram da reunião os prefeitos de São Domingos, Binho; e o de Macambira, Carivaldo Souza e o vice, Toinho. Representando o município de Campo do Brito estavam o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Gilson Meneses de Jesus e o diretor de Turismo, Daniel Alves; além do empresário José Menezes, proprietário da Fazenda onde está localizada a Cachoeira de Macambira.


Estiverem presentes também, o superintendente do Banco do Nordeste em Sergipe, César de Santana; o gerente executivo, Lenin Falcão e o gerente da agência de Itabaiana, José Paes; além do Superintendente da Fecomércio, Maurício Oliveira; o representante da ONG Centro da Terra, Elias Silva; e os representantes do Sebrae que participaram virtualmente Bianca Faria, José Ramalho e Edilson Oliveira, além da equipe técnica da SETUR.




#turismo #turismorural #pousada #economia #sergipe



0/Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem