Cultura opressora: 15 milhões de mulheres sofreram algum tipo de agressão na pandemia

 

Durante a pandemia de Covid-19, estes tipos de crimes aumentaram 




A violência doméstica é uma pandemia no Brasil. Os homens brasileiros são machistas e extremamente violentos com as mulheres, os números não mentem, a cada minuto  em 2020, 15 mulheres foram agredidas sexualmente, fisicamente ou ameaçadas durante a pandemia do novo Coronavírus, mesmo com leis mais rígidas, os agressores não se intimidam.

 Não bastassem as dores provocadas pelo vírus, as mulheres têm que enfrentar a covardia masculina dentro do próprio lar, como é o caso em que as pessoas estão discutindo nas  redes sociais que envolve a Pamela Holanda, que foi agredida por seu  ex-esposo e artista DJ Ives, o fato ganhou repercussão e as imagens são chocantes, mas para o nosso dissabor, este caso não é isolado e faz parte da dura rotina em milhões de lares brasileiros.




Segundo informações do Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria) que  ouviu 2002 pessoas de 19 a 23 de fevereiro de 2021, mostram que a violência contra as mulheres são endêmica e sistêmica no país, o levantamento que também foi publicado pela Revista Piauí, mostra que 6% das mulheres brasileiras relataram ter sofrido agressão física por parte do seu namorado, companheiro ou ex,  equivale a 5,3 milhões de mulheres de 16 anos ou mais. Essa vulnerabilidade se torna ainda mais acentuada quando verificamos que o percentual é maior entre mulheres de 35 a 44 anos (8%), pretas e pardas (7%) e com ensino fundamental (11%). 

Na análise desses dados mostram que são compatíveis com o perfil das vítimas de feminicídio, conforme dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que atinge majoritariamente mulheres entre 30 e 44 anos (41,4% das vítimas) e com baixa escolaridade.

 Em caso de violência doméstica, denuncie por meio dos  caminhos legais para combater esses crimes, por meio do Disque Denúncia 180 — Central de Atendimento à Mulher —  a outra opção é o Disque 100, responsável pela apuração de crimes de violação aos direitos humanos.




#violencia #mulher #epidemia #180 #denuncia

0/Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem